Transcriação: para além da tradução

Quantas vezes leu um texto traduzido e ficou com a sensação de que estava demasiado literal? Pois é, em algumas áreas estratégicas – como o Marketing e a publicidade – mais importante do que traduzir é “transcriar”.
A palavra “transcriação” não se encontra ainda nos dicionários mais consultados; a mesma terá sido usada pela primeira vez nos anos 60 do século passado, precisamente em contexto de Marketing. Quando falamos em transcriação, falamos na junção dos termos “tradução” e “criação” ou “criatividade”. O ato de transcriar consiste, assim, em criar algo novo a partir do que se quer traduzir, pegando no que alguém escreveu ou disse e dando origem a novos sentidos.
As técnicas de tradução e de criação são combinadas de forma a alcançar um resultado mais livre e orientado para o público-alvo. Esta é uma vertente da tradução que ocorre com frequência em textos criativos e publicitários, sendo, também, um serviço inovador bastante direcionado para a localização de produtos e serviços de uma empresa. Podemos afirmar que a ferramenta de trabalho fundamental para este processo são as ideias.

Nesta campanha de incentivo ao consumo do leite, a expressão “Got milk?” foi traduzida literalmente para espanhol por “¿Tienes leche?”, o que corresponderia, em português, a qualquer coisa como “Estás a amamentar?”.
Assim, a mensagem do texto traduzido deve combinar o conteúdo escrito e o conteúdo visual, sendo que ambos devem estar de acordo entre si, havendo a necessidade de uma adaptação linguística e cultural para que a mensagem produzida aparente ser local.
Na prática, importa aqui sublinhar as 2 principais vantagens que um serviço de transcrição disponibilizado por uma empresa de tradução pode trazer às empresas que a ele recorrerem:
– A transcriação permitirá que a mensagem a veicular seja compreendida na sua totalidade por uma audiência local e que sejam produzidos os efeitos pretendidos (ex.: venda de um produto, incentivo a um determinado comportamento, etc.).
– A transcriação de instrumentos de divulgação, como sites, catálogos ou folhetos, permitirá que os lemas da empresa, a sua missão e valores, por exemplo, sejam adequados ao registo do público-alvo e à cultura de chegada.
O trabalho colaborativo entre tradutor e cliente é aqui de extrema importância. Se, por um lado, o cliente conhece melhor do que o tradutor o produto ou serviço que pretender comercializar além-fronteiras, o tradutor – porque domina os meandros da língua e cultura do país destinatário – saberá como ninguém adequar a mensagem da forma mais apelativa possível.
Se procura um serviço de transcriação profissional, não hesite em recorrer aos serviços da ABC Traduções! Contacte-nos através do n.º de telefone 232 431 143 ou do endereço de e-mail geral@abctraducoes.pt!
Ana Bela Cabral e Catarina Cruz

DEIXE UM COMENTÁRIO

O QUE PROCURA?