“Procura-se tradutor(a) que traduza um histórico escolar em meia hora”

Este poderia ser o título de um anúncio de emprego ou uma tentativa de clickbait de um site à procura de uns cliques extra, mas… é mais do que isso.

Este título satiriza as exigências técnicas e legais em traduzir um histórico escolar. “Exigências? Então, mas isso é só duas páginas e tu sabes línguas, fazes isso num instante!” – profere aquela vozinha entendida na matéria, mas que na realidade não percebe nada do assunto. Não, normalmente, traduzir históricos escolares não é pera doce. Contradizendo uma crença generalizada, esta não é uma tarefa que se faça apenas em meia hora só porque o documento tem poucas páginas.

Obstáculos técnicos na tradução de históricos escolares.

O ensino básico e secundário e o ensino universitário têm os seus próprios planos de estudos e estes variam de país para país. Apesar de Bolonha, não há uma padronização de disciplinas, mesmo dentro da União Europeia o que dificulta muito o trabalho do tradutor. Mas este não é o nosso maior problema, afinal nós somos tradutores e temos de pesquisar e investigar, foi para isso que fomos feitos. Um dos piores casos é quando passamos horas e horas a pesquisar e a tentar descobrir o que significam certos acrónimos e siglas das quais não temos definição nenhuma no histórico escolar. Por vezes, estamos a traduzir históricos escolares dos Estados Unidos, da Inglaterra, da França, e encontramos siglas como “CP” ou “H” ao longo do histórico. Um outro caso é quando a própria disciplina tem a mistura de abreviações e siglas quase indecifráveis como “LA Rot”, o que pode ser muita coisa.

Neste tipo de cenário quais são os passos que o tradutor deve tomar?

Em primeiro lugar, o tradutor deve pesquisar o máximo possível, tentar compreender o histórico escolar, ler e entender o sistema e o plano de estudos da escola e do país ou estado em questão. De seguida, se continuar sem encontrar a tradução correta, pode perguntar a algum amigo ou a um tradutor nativo do país da escola em questão para tentar chegar a uma solução. Em terceiro lugar, pode sempre falar com o cliente para este lhe dar uma explicação sobre a disciplina que está a ter dificuldade em traduzir. Estes três passos podem parecer muito simples e fáceis, mas levam o seu tempo e trabalho. O rigor linguístico deve estar sempre presente nesta tarefa, principalmente porque estamos a falar de disciplinas que provavelmente vão passar pelo processo de equivalências. “Processo de equivalências? Então, mas o tradutor já traduziu tudo, o que é que é preciso fazer mais?” – continua a vozinha.

Obstáculos legais na tradução de históricos escolares.

Não são só os tradutores que passam por certos obstáculos, os clientes também. Para um diploma ou histórico escolar ser reconhecido em Portugal, este tem de passar por alguns processos. Se o país de origem e o de destino forem signatários da Apostilha da Convenção da Haia, então basta pedir uma Apostilha na Procuradoria-Geral da República Portuguesa. Se não for o caso, deve ir à embaixada portuguesa no país de origem ou à embaixada do país de origem em Portugal. Contudo, o processo tem muitas mais nuances há, por exemplo, ainda uma outra fase que é a da equivalência de disciplinas.

equivalencias-flyer

 

Como referi anteriormente, em Portugal o tradutor “só” traduz, não tem estatuto nem permissão superior para atribuir equivalências entre disciplinas. A escola onde o cliente se vai inscrever ainda tem de requerer atribuição de equivalências dada pelo NARIC (National Academic Recognition Information Center). Apesar do Decreto-Lei nº. 66/2018 ter vindo uniformizar algumas questões relativas à equivalência das disciplinas, este ainda é um processo complexo

Como vê, o trabalho do tradutor não é fácil; é por isso que a ABC Traduções trabalha apenas com tradutores qualificados. Nunca desvalorizamos a solicitação do cliente, pelo contrário, percebemos que este também tem as suas preocupações.

Eficácia, compromisso e fidelidade são alguns dos valores que nos esforçamos por cumprir todos os dias!

 

 

 

Comments
  • Alex Sousa
    Responder

    Esclarecedor! Excelente forma de acrescentar valor aos serviços prestados.

    Muito Bom, Mélanie!

    ABC Traduções, TOP!

DEIXE UM COMENTÁRIO

O QUE PROCURA?

abc-traducoes-traducao-de-ementas